Creme dental, qual seu tipo?

mulher-com-duvida

No que serve o creme dental que você usa hoje?

Considerando que existem um sem-número de marcas e gêneros, classificados como gel ou pasta, que variam em sua composição e consistência, além de tamanhos, promessas e valores, a dificuldade é saber qual desses produtos atende melhor sua necessidade.

Para saber qual creme dental é o ideal para você e sua família, leve em consideração alguns fatores e garanta de vez uma limpeza eficiente e direcionada.

Esses produtos variam de acordo com a necessidade de consumo. Então, a dica é:

Atenção na composição dos cremes que, em um primeiro momento, é muito parecida, mas que se revela essencial na hora de cumprir o papel desejado.

Você descobre isso de uma maneira rápida e prática, olhando com mais critério as embalagens, que geralmente exibem como destaque o principal papel do creme.

Próximo passo, fique atento às letrinhas miúdas que falam sobre o indicador chamado Relative dentin abrasivity RDA. Esse indicador mede, o grau de abrasão de cada creme dental, que varia entre 50 e 250. Quanto maior o RDA, mais abrasivo e nocivo à superfície dos dentes. Isso significa que maior é o desgaste do dente e maiores são as chances de desenvolver problemas de sensibilidade.

Dito tudo isso, agora é fácil compreender….

A) O creme dental que promete clarear os dentes,

possui geralmente uma cor forte e escura, certo? E ao senti-lo temos a impressão de conter areia, não é isso? Simples de se concluir que é um creme que possui alto RDA (para limpar manchas visíveis e de fácil remoção) e a cor do creme dará um efeito visual imediato de dentes mais claros.

B) Cremes para sensibilidade

O nitrato de potássio é o componente extra colocado em cremes com baixo índice de RDA.  Esse composto químico atua na superfície dentária e age atenuando as dores por sensibilidade ou gengivas retraídas.

C) Problemas de gengiva,

como sangramento, inchaço, acúmulo de placa, são resolvidos com uma adequada técnica de escovação e uso diário de fio dental. Cremes indicados para gengivite, periodontite são altamente abrasivos e coadjuvantes no controle dessa doença crônica. Não há creme milagroso que fará isso por você. Nesses casos, o que resolverá é um acompanhamento periódico com profissional adequado e principalmente o seu cuidado diário.

D) Dia-a-dia

Para a manutenção diária da saúde bucal, não é preciso recorrer a tratamentos agressivos. Cremes dentais com média ou baixa abrasividade, são suficientes para cumprir essa função.

E) Economicamente

É importante a visita regular do seu dentista para que você conheça melhor sobre sua saúde bucal. Na consulta são avaliados a situação dos seus dentes, língua e gengivas. Contar com a orientação de um profissional para a gestão da sua saúde bucal contribuirá mais assertivamente na hora de escolher escova e creme dental. Cheque também se o modo como usa a escova e fio são os mais apropriados para seus hábitos alimentares, rotina e necessidades.

A orientação e a escolha do creme dental mais efetivo para a saúde é importante, mas sem uma técnica adequada, a eficácia do produto é muito pequena.

Sorria sempre feliz!

 

Um comentário em “Creme dental, qual seu tipo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s