O poder que o antibiótico não tem!

cropped-a1.jpg

A ideia que se tem de que o antibiótico faz mal aos dentes; estragam e deixam frágeis, é algo cultural, porém sem verdade alguma.

Apenas se ingerido durante a formação dos dentes, o componente do medicamento causará algum dano às estruturas dentárias. Esse dano é visível e identificável;

A2

E não são todos os componentes de antibiótico que podem provocar esse tipo de mancha. A tetraciclina em especial, interfere no momento de calcificação dos dentes podendo alterar a coloração de alguns grupos dentários, provocando manchas amareladas ou marrom acinzentada, se ingerido por gestantes ou por crianças em idade de trocas dentárias.

Durante a infância…

Antibióticos ingeridos na infância, em sua grande maioria, são soluções que contém açúcar em sua composição. Ingeridos de 2 à 3 vezes no dia, caso não haja uma higienização adequada, favorecem às bactérias que aproveitam a oferta de alimento, (açúcar); fermentam, produzem toxinas que destroem os dentes ocasionando a doença cárie.

Hábitos como ranger ou apertar dentes; ingestão demasiada de alimentos açucarados e uma higienização falha, é o que realmente podem “estragar os dentes”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s